Texto Online » Culinária » Bife Japonês

Bife Japonês

O cardápio japonês sempre foi caracterizado pelo consumo de peixe crú e frutos do mar, no entanto o beff kobe se tornou um dos grandes atrativos de sua culinária.

Algum tempo atrás, uma novidade na culinária japonesa deixou muitos chefs de cozinha impressionados. Foi a introdução de um prato bastante atrativo no cardápio japonês – o bife Wagyu. Na verdade, a raça bovina tem origens de uma região chamada Kobe, a carne é classificada como de gado pedigree, pois sua criação é muito detalhista.

Bife Japonês

O bife japonês é considerado uma das iguarias mais caras do mundo.

O animal é alimentado com aveia e cerveja, além de receber cerca de três sessões diárias de massagem. Tudo funciona em prol do relaxamento dos animais, para que sua carne seja a mais macia, inclusive é disposto até mesmo música clássica.

Bife Japonês

Comer carne no Japão, era proibido até 1868, por isso se dá o grande consumo de arroz e peixe crú.

O prato é pouco acessível no Brasil, mesmo por que no país não existem produtores da raça Wagyu, alguns agropecuaristas tentaram algumas modificações genéticas, mas pouco se assemelham a raça japonesa. Alguns restaurantes decidiram não inlcuir o prato em seu menu por que alegam que a oferta é limitada e inconstante.

Bife Japonês

A média de preço internacional é de 1000 dólares o kg, no Brasil, somente o bife pode chegar a custar R$150,00. Esse valor alto se dá por causa da enorme qualidade que a carne possui, grande nível de maciez e sabor muito singular, especialmente rica em gorduras.

Temos outros textos relacionados a esse assunto:

Textos Relacionados:


Quer comentar ?