Texto Online » ENEM » Em 2013 o Enem terá duas edições

Em 2013 o Enem terá duas edições

Muitas polêmicas envolvem o ENEM, mas o governo quer manter o programa afim de promover o acesso ao ensino superior para quem precisa. Veja mais detalhes no artigo.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), tem proporcionado a várias pessoas, a oportunidade de estudar em um curso superior em instituições particulares. Isso só é possível por causa da parceria com o ProUni, programa este criado pelo governo para garantir bolsas parciais e integrais aos candidato que alcançarem a nota meta.

No entanto, todo esse procedimento vem gerando grande polêmica no país, desde falha na impressão e segurança das provas, até mesmo casos de fraudes. Muitas pessoas foram prejudicadas por causa da falta de organização ocorrente na edição de 2009, por exemplo, quando houve a remarcação da data da aplicação das provas. Vários dos candidatos viajaram quilômetros para chegar na cidade e realizar os testes.

A recente preocupação sobre o Enem, está relacionada a edição do ano de 2013, que foi alterada pela atual presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que declarou que o exame será realizado duas vezes no ano letivo. A medida seria implantada ainda em 2012, mas foi adiada pelo Ministério da Educação (MEC), que por sua vez discorda da decisão do executivo.

Em 2013 o Enem terá duas edições

O Exame Nacional do Ensino Médio terá apenas uma e dição em 2013.

Justamente por causa das polêmicas em que está envolto, o ministro da Educação Aloizio Mercadante, promover duas edições do Enem em um ano, não está viável, pois o processo seletivo ainda não possui uma estabilidade consolidada e precisa ser aprimorado em diversos aspectos, podendo assim atingir o objetivo traçado, que é o delimitar os candidatos apropriados para cursar o nível superior.

Apesar da informação ter sido intitulada em portaria no ano de 2009, ainda não houve uma legalização definitiva sobre a mudança. Sendo assim, a medida que estipulava a realização do exame no mês de abril e subsequente no mês de novembro, não ocorrerá, pois embora a alteração signifique para a presidenta, garantir maiores chances para os candidatos, para o MEC não é prioridade realizá-la. Maiores informações podem ser conferidas no site oficial do programa – http://enem.inep.gov.br.

Temos outros textos relacionados a esse assunto:

Textos Relacionados:


Quer comentar ?