Texto Online » Mulher » Corrimento durante a gravidez motivos e respostas

Corrimento durante a gravidez motivos e respostas

No período de gravidez a mulher passa por diversas alterações hormonais, e essas alterações geralmente podem ocasionar corrimento, embora o mesmo seja considerado normal, e mesmo sendo considerado normal é indicado que a mulher tenha cuidado com a higiene íntima, para evitar possíveis infecções, também é indicado procurar o ginecologista.

Corrimento durante a gravidez motivos e respostas

Normalmente, o surgimento de corrimento durante o período de gravidez é considerado comum, isso porque durante o período de gravidez a mulher passa por diversas alterações hormonais, físicas e psicológicas. Normalmente, o corrimento que mais acomete mulheres durante o período de gravidez é o leucorréia. Esse corrimento (leucorréia) possui o aspecto leitoso, com coloração esbranquiçada, essa secreção normalmente não apresenta cheiro.

Como durante o período de gravidez o fluxo sanguíneo na região vaginal e a produção de estrogênios tendem a aumentar, propiciando também o aumento do fluxo da secreção vaginal. Geralmente o fluxo de secreção vaginal tende a aumentar conforme o momento do parto esteja mais próximo. Embora o corrimento durante o período de gravidez seja considerado normal, é importante importante tomar alguns cuidados com a higiene intima, dessa maneira, evitando o acometimento de possíveis infecções. Veja a seguir alguns cuidados essenciais para manter a saúde íntima durante o período de gravidez.

Cuidados com saúde íntima durante o período de gravidez -

  • Manter a área genital sempre limpa;
  • Usar sabonetes neutros, lembrando que é indicado usar o sabonete só na parte externa da vagina;
  • Dê preferência as calcinhas de algodão;
  • Evite o uso de absorventes internos.

Caso ocorra alterações no aspecto/densidade, no cheiro ou na quantidade do fluxo da secreção vaginal, é indicado procurar um médico ginecologista ou um obstetra, pois geralmente essas alterações no corrimento podem vim acompanhadas de infecções. Veja a seguir as principais alterações que podem ocorrer no corrimento.

  • Coceira;
  • Secreção com cheiro desagradável, normalmente, semelhante ao cheiro de peixe;
  • Secreção de coloração esverdeada, ou amarelada;
  • Secreção de coloração marrom;
  • Secreção com aparência talhada ou espessa demais;
  • Ardência ou dor na hora de urinar, ou ao ter relações íntimas;
  • Alteração na consistência ou na aparência da secreção vaginal.

Temos outros textos relacionados a esse assunto:

Textos Relacionados:


Quer comentar ?